terça-feira, 24 de fevereiro de 2009

Sobre o Oscar


Não preciso nem comentar que fico muito feliz com o júbilo (prá que usar essa palavra?) de "Slumdog Millionaire" na premiação do Oscar. 8 Prêmios (filme, diretor, roteiro adaptado, fotografia, edição, mixagem de som, trilha sonora e canção original) coroaram aquele que eu considero o melhor filme do ano.
Confesso que tinha quase que absoluta certeza que o Prêmio de Melhor Filme iria para "Benjamin Button", mas a atitude politicamente correta da Academia desta vez favoreceu o filme que realmente deveria ganhar (ao contrário do que aconteceu quando o júri cagou nas calças e premiou "Crash" em detrimento do tocante "Brokeback Mountain", por exemplo!). Digo isso, porque todo mundo sabe que os EUA estão passando por uma fase agora de "bom mocismo", ou seja, eles querem provar a todo o resto do mundo que aceitam as diferenças e que não querem mais ser vistos como os donos do planeta. Aliás, somente essa postura pode justificar o fato da Penelope Cruz ter levado o de atriz coadjuvante. Porra, qualquer pessoa que viu as outras indicadas - e aqui posso falar com consciência, pois assisti ao trabalho das 5 nomeadas! - percebe com clareza que, de todas, a que menos merecia ganhar era Penelope, por um papel que qualquer atriz latina faria com as mãos nas costas. Mas ok! Assim é o Oscar: eles premiam as estrelas do momento; e sempre com os pezinhos na moral, nos bons costumes e no pseudo-vanguardismo.
Ressalto, porém, a justiça feita também à grande atuação de Heath Ledger, sobrenatural como Coringa. Melhor ator coadjuvante de 2008 com certeza!
Veja todos os vencedores clicando aqui.


3 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Só vou discordar a respeito de Crash, se tu me permites, porque achei um grande filme, bem melhor do que o Brokeback. De resto, fecho contigo

    ResponderExcluir
  3. Claro, Morpheus, cada um tem sua opinião. E vamos seguindo nas discussões. Abração

    ResponderExcluir